BZ51-646 Echotel 961 962

Modelo 961/962
Manual de Instalação e Operação
Chaves de Nível
Ultra-sônicas para
Um ou Dois
Pontos
Modelo 961
Modelo 962
Leia este Manual Antes da Instalação
Este manual fornece informações sobre as Chaves de Nível de
Líquido Ultra-sônicas Echotel® Modelos 961 e 962. É importante que todas as informações sejam lidas cuidadosamente e
sejam seguidas na seqüência. Instruções detalhadas estão
inclusas na seção de Instalação deste manual.
Convenções Utilizadas neste Manual
Certas convenções são utilizadas neste manual para transmitir
tipos específicos de informações. Materiais técnicos gerais,
dados de apoio e informações de segurança são apresentados
de forma narrativa. Os seguintes estilos são usados para notas,
cuidados e avisos de atenção:
Notas
“Notas” contêm uma informação que discute ou
esclarece um passo da operação. As “notas” normalmente não contêm ações. Elas vêm logo após os passos
de procedimento aos quais se referem.
Cuidados
“Cuidados” alertam o técnico para condições especiais que
poderiam ferir pessoas, danificar equipamentos ou reduzir a
integridade mecânica de um componente. Os “cuidados” também são usados para alertar o técnico sobre práticas inseguras
ou sobre a necessidade de equipamento de proteção especial
ou materiais específicos. Neste manual, um aviso de “cuidado” dentro de uma moldura indica uma situação de risco
potencial que, se não for evitada, poderá resultar em ferimentos pequenos ou moderados.
Atenção
“Atenção” identifica situações potencialmente perigosas ou
riscos graves. Neste manual, um aviso de “atenção” indica
uma situação iminentemente perigosa que, se não for evitada,
poderá resultar em ferimentos graves ou morte.
Mensagens de Segurança
As chaves Echotel Modelos 961 e 962 são projetadas para uso
em instalações de Categoria II e Grau de Poluição 2. Siga todos
os procedimentos padrão da indústria para instalações elétricas e
de equipamentos de computador quando estiver trabalhando com
ou próximo a altas tensões. Desligue sempre a alimentação antes
de tocar em qualquer componente.
Componentes elétricos são sensíveis a descarga eletrostática. Para evitar danos ao equipamento, siga os procedimentos de segurança quando estiver trabalhando com componentes sensíveis a eletrostática
Este dispositivo está de acordo com a Parte 15 das regras
da FCC. A operação está sujeita às duas seguintes
condições: (1) Este dispositivo não pode causar interferência prejudicial, e (2) Este dispositivo deve aceitar qualquer interferência recebida, incluindo interferência que
possa causar operação indesejável.
ATENÇÃO! Risco de explosão. Não conecte ou desconecte
equipamentos a menos que a alimentação tenha sido desligada
ou que a área seja sabidamente segura.
Diretiva de Baixa Tensão
Para uso em instalações de Categoria II. Se o equipamento for
usado de uma maneira não especificada pelo fabricante, a proteção fornecida pelo equipamento poderá ser prejudicada.
Notificação de Marca Registrada, Direitos Autorais e Limitações
Magnetrol, o logotipo da Magnetrol e Echotel são marcas
registradas da Magnetrol International, Inc.
Copyright© 2014 MAGNETROL INTERNATIONAL,
INCORPORATED. Todos os direitos reservados.
As especificações de desempenho estão em vigor a partir
data da emissão e estão sujeitas a alterações sem prévio
aviso. A MAGNETROL reserva-se o direito de fazer alterações no produto descrito neste manual a qualquer momento, sem prévio aviso. A MAGNETROL não dá nenhuma
garantia com relação à exatidão das informações neste
manual.
Garantia
Todos os controles eletrônicos de nível e vazão da
MAGNETROL são garantidos contra defeitos de materiais
e fabricação por um período de um ano contado da emissão
da Nota Fiscal.
Dentro do período de garantia, havendo retorno do instrumento à fábrica, mediante inspeção do controle pela fábrica
e se for determinado que a causa da reclamação está coberta
pela garantia, MAGNETROL irá consertar ou substituir o
controle, sem custo para o comprador (ou proprietário),
exceto aqueles relativos a frete.
MAGNETROL não deverá ser responsabilizada pela aplicação inadequada, reclamações trabalhistas, danos diretos
ou emergentes ou despesas oriundas da instalação ou uso
do equipamento. Não existem outras garantias, explícitas
ou implícitas, exceto garantias especiais por escrito
aplicáveis a alguns produtos da MAGNETROL.
Garantia de Qualidade
O sistema de garantia de qualidade usado na
MAGNETROL garante o mais alto nível de qualidade em
toda a empresa. É um compromisso da MAGNETROL
fornecer produtos e serviços de qualidade que satisfaçam
totalmente seus clientes.
O sistema de garantia de qualidade da
MAGNETROL está registrado na norma
ISO 9001 e confirma seu compromisso
com padrões de qualidade internacionais
conhecidos, fornecendo a certeza de produto/serviço de qualidade.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Echotel Modelo 961 & 962
Chaves de Nível Ultra-sônicas para Um ou Dois Pontos
Índice
1.0 Introdução..................................................................................4
1.1 Princípio de Operação .....................................................4
2.0 Instalação....................................................................................4
2.1 Retirada da Embalagem ...................................................4
2.2 Procedimento p. Evitar Descarga Eletrostática (ESD)....5
2.3 Montagem ..........................................................................5
2.4 Fiação..................................................................................6
2.4.1 Fiação do 961 com Alimentação em Linha........6
2.4.1.1 Fiação do Invólucro do Sensor
Remoto para o Modelo 961........................7
2.4.2 Fiação do Modelo 961 com Alimentação
em Circuito Fechado............................................8
2.4.2.1 Fiação do Invólucro do Sensor
Remoto para o Modelo 961........................8
2.4.3 Fiação do Modelo 962 com Alimentação
em Linha ................................................................9
2.4.3.1 Fiação do Invólucro do Sensor
Remoto para o Modelo 961 .....................10
2.4.4 Fiação do Modelo 962 com Alimentação
em Circuito Fechado..........................................11
2.4.4.1 Fiação do Invólucro do Sensor
Remoto para o Modelo 962 .....................11
2.5 Configuração ...................................................................12
2.5.1 Configuração do Modelo 961 com
Alimentação em Linha.......................................12
2.5.1.1 Potenciômetro de Retardo de Tempo
(Time Delay) ...............................................13
2.5.1.2 Tecla de Teste de Nível (Level Test).......13
2.5.1.3 Tecla de Teste de Mau Funcionamento
(Malf Test) ..................................................13
2.5.1.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo).............14
2.5.1.5 DIP Switch Independente/Conjunta(I/J) .14
2.5.2 Configuração do Modelo 961 com
Alimentação em Circuito Fechado ..................15
2.5.2.1 Potenciômetro de Retardo de Tempo
(Time Delay) ...............................................15
2.5.2.2 Tecla de Teste de Circuito (Loop Test) ..15
2.5.2.3 Tecla de Teste de Falha (Fault Test) .......15
2.5.2.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo).............16
2.5.2.5 DIP Switch 22/5........................................16
2.5.3 Configuração do Modelo 962 com
Alimentação em Linha.......................................17
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.5.3.1
Potenciômetro de Retardo de Tempo
(Time Delay) ...............................................17
2.5.3.2 Tecla de Teste de Nível (Level Test).......17
2.5.3.3 Tecla de Teste de Mau Funcionamento
(Malf Test) ..................................................17
2.5.3.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo).............18
2.5.3.5 DIP Switch PC/LC
(Controle da Bomba/Controle do Nível) ..18
2.5.3.6 Tabelas de Configuração de DIP Switch ......
LC e Hi/Lo..................................................18
2.5.3.7 Tabelas de Configuração de DIP Switch ...
PC e Hi/Lo .................................................19
2.5.4 Configuração do Modelo 962 com
Alimentação em Circuito Fechado ..................20
2.5.4.1 Potenciômetro de Retardo de Tempo
(Time Delay) ...............................................20
2.5.4.2 Tecla de Teste de Circuito (Loop Test) ..20
2.5.4.3 Tecla de Teste de Falha (Fault Test) .......20
2.5.4.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo).............21
2.5.4.5 DIP Switch 22/5........................................21
3.0 Informações de Referência ...................................................22
3.1 Especificações do Sistema Eletrônico.........................22
3.1.1 Modelo 961/962 com Saída Relê ....................22
3.1.2 Modelo 961/962 com Saída em
Mudança de Corrente ........................................22
3.2 Especificações de Desempenho...................................22
3.3 Especificações Físicas ....................................................23
3.4 Especificações do Sensor ..............................................23
3.4.1 Modelo 9A1/9M1 Para um Único Ponto ......23
3.4.2 Modelo 9A2/9M2 Para Dois Pontos..............23
3.5 Especificações Dimensionais........................................24
3.6 Aprovações de Agências de Regulamentação ............26
3.6.1 Desenho de Agência de Regulamentação
(FM/CSA) e Parâmetros de Entidade ............27
3.7 Solução de Problemas....................................................28
3.8 Peças de Reposição.........................................................30
3.9 Número do Modelo .......................................................32
3.9.1 Sistema Eletrônico do 961/962 .......................32
3.9.2 Sensor de Um único Ponto do Modelo 961 ....32
3.9.3 Sensor de Dois Pontos do Modelo 962 .........34
3.9.4 Cabo de Conexão ...............................................35
1.0
1.1
Sensor
Ultra-sônico
Transmissor
de Cristal
Receptor
de Cristal
Figura 1
Transmissão do sinal ultra-sônico
através do gap do sensor
2.0
2.1
Introdução
As chaves de nível ultra-sônicas Echotel Modelo 961 e 962
utilizam tecnologia de sinal pulsado para detectar nível alto,
baixo ou em dois pontos em uma ampla variedade de líquidos.
O Modelo 961 é uma chave de nível para um único ponto.
O Modelo 962 é uma chave para dois pontos usada como
um controlador de nível ou para controlar as bombas no
modo de auto-enchimento ou auto-esvaziamento.
Princípio de Operação
As chaves Modelo 961/962 utilizam energia ultra-sônica
para detectar a presença ou ausência de líquido em um
sensor de um ou dois pontos. A tecnologia de nível por
contato ultra-sônico usa ondas sonoras de alta freqüência
que são facilmente transmitidas através do gap do sensor
(veja a Figura 1) na presença de um meio líquido, mas são
atenuadas quando o gap está seco. As chaves Modelo
961/962 usam uma freqüência ultra-sônica de 2 MHz para
realizar a medição do nível de líquido em uma ampla variedade de meios de processos e condições de aplicação.
O sensor usa um par de cristais piezelétricos, que estão
encapsulados em epóxi na ponta do sensor. Os cristais são
feitos de um material cerâmico que vibra em uma dada
freqüência quando submetido a uma tensão aplicada. O
cristal transmissor converte a tensão aplicada pelo sistema
eletrônico em um sinal ultra-sônico. Quando há líquido no
gap, o cristal receptor “sente” o sinal ultra-sônico que vem
do cristal transmissor e converte-o novamente em um
sinal elétrico. Esse sinal é enviado ao sistema eletrônico
para indicar a presença de líquido no gap do sensor.
Quando não há líquido presente, o sinal ultra-sônico é
atenuado e não é detectado pelo cristal receptor.
Instalação
Retirada da Embalagem
Retire o instrumento cuidadosamente da embalagem.
Inspecione todos os componentes e comunique qualquer
dano encontrado ao transportador, no período de 24 horas.
Verifique o conteúdo da embalagem, certificando-se de que
ele está de acordo com a lista de embarque e o pedido de
compra. Verifique e anote o número de série para referência
futura, quando for adquirir peças.
serial number
4
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.2
Procedimento para Evitar Descarga
Eletrostática (ESD)
Os instrumentos eletrônicos da Magnetrol são fabricados de
acordo com os mais altos padrões de qualidade. Estes instrumentos utilizam componentes eletrônicos que podem ser danificados pela eletricidade estática presente na maioria dos ambientes de trabalho.
CUIDADO
DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS
SENSÍVEIS: NÃO TRANSPORTE OU
ARMAZENE PRÓXIMO A CAMPOS
ELETROSTÁTICOS,
ELETROMAGNÉTICOS, MAGNÉTICOS
OU RADIOATIVOS FORTES.
•
•
•
•
2.3
Linha de Enchimento
Alarme de
Nível Alto
Alarme para
dois pontos
Proteção da
Bomba
Alarme de
nível baixo
Figura 2
Montagens Típicas
Recomendamos os procedimentos a seguir para reduzir o risco
de falha dos componentes em decorrência de descarga eletrostática:
Transporte e guarde as placas de circuito impresso em sacos
anti-estática. Caso não haja um saco anti-estática disponível,
embrulhe a placa em papel alumínio. Não coloque as placas em
materiais à base de espuma.
Use uma pulseira de aterramento ao instalar ou remover placas
de circuito impresso. Recomenda-se usar uma bancada de trabalho aterrada.
Manuseie as placas de circuito impresso somente pelas bordas.
Não toque nos componentes ou nos contatos.
Certifique-se de que todas as conexões elétricas estejam feitas e
de que nenhuma esteja inacabada ou frouxa. Ligue todos os
equipamentos a um terra de boa qualidade.
Montagem
A chave de nível Modelo 961 pode ser instalada em várias posições, conforme mostrado nas Figuras 2 a 5. A chave Modelo 962 é sempre instalada
na vertical.
A orientação adequada do gap do sensor facilitará o desempenho em aplicações difíceis. Quando o Modelo 961 é montado na horizontal, o gap do
sensor deve ser girado na vertical para permitir o escoamento apropriado do
líquido. Os encaixes para a ferramenta de aperto (chanfros) existentes no
niple de montagem estão alinhados com o gap do sensor; assim, a montagem
adequada do sensor pode ser obtida alinhando-se os chanfros do niple de
montagem na vertical. Veja a Figura 4. Para transdutores flangeados, a orientação vertical do gap deve ser confirmada antes de instalar o equipamento
ao flange de processo.
Ao instalar a chave Modelo 961 em um bocal ou tubo, o gap do sensor deve
ultrapassar a parede interna do tanque em pelo menos 2,5 cm. Veja Figura 5.
Rosqueie o sensor na abertura usando uma ferramenta de aperto no niple de
montagem do sensor. Para montagens com flange, parafuse o instrumento
no flange correspondente usando uma gaxeta apropriada. Use fita ou um
composto adequado para vedação nas roscas. Não aperte excessivamente.
Use uma ferramenta de
aperto nos chanfros
Conexão
do Processo
Figura 3
Montagem Vertical
Vista Frontal
do Gap
Figura 4
Montagem Horizontal
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Vista Frontal
do Gap
Figura 5
Montagem em Bocal
5
2.4
Modelo
Entrada
961
Alimentação em linha
Fiação
As conexões elétricas para as chaves de nível Modelo
961/962 são diferentes para as 4 versões. Estas chaves
estão disponíveis na forma de instrumentos a 4 fios, com
alimentação em linha, com um relê, ou na forma de instrumentos a 2 fios, com alimentação em circuito fechado, com
saída em mudança de corrente em mA. Determine qual é a
sua versão usando a tabela abaixo e siga as instruções da
seção apropriada.
Saída
Informações sobre a instalação Elétrica
Veja a Seção 2.4.2
Relês de 5 ampères
961
Alimentação em circuito fechado
Mudança da corrente
962
Alimentação em circuito fechado
Mudança da corrente
962
Alimentação em linha
Relês de 5 ampères
Veja a Seção 2.4.1
Veja a Seção 2.4.3
Veja a Seção 2.4.4
2.4.1 Fiação do Modelo 961 com Alimentação em Linha
Deve-se usar fio 12-24 AWG para a fiação de alimentação e
do relê.
Cuidado: SIGA TODOS OS PADRÕES ELÉTRICOS APLICÁVEIS E
PROCEDIMENTOS ADEQUADOS PARA CONEXÃO ELÉTRICA.
Relê de
Nível DPDT
Relês SPDT
de Mal-funcionamento
Energização
de Entrada
Terra
NC
C
NO
MALF RELAY
Hi I
Lo J
NC
C
MALF
TEST
NO
NC
C
NO
WET
MALF
FAULT LEVEL
MODEL 961
Figura 6
L1
L2
TIME
DELAY
LEVEL
TEST
Fiação do Modelo 961 com
Alimentação em Linha
1. Certifique-se de que a fonte de alimentação esteja desligada
2. Desrosqueie e remova a tampa do invólucro.
3. Passe os fios da alimentação e do relê através do conduite
de conexão elétrica.
4. Consulte a Figura 6. Conecte os fios de alimentação aos
terminais apropriados. O Modelo 961 está disponível para
alimentação AC (102 a 265 VAC) ou alimentação DC (1832 VDC).
a. Alimentação AC – Conecte o fio fase ao terminal L1 e o
fio neutro ao terminal L2. O parafuso de cabeça verde deve
ser usado para o aterramento.
b. Alimentação DC – Conecte os fios aos terminais (+) e (-)
na borneira. O parafuso de cabeça verde deve ser usado
para o aterramento.
5. Conecte os fios desejados do relê conforme mostrado na
Figura 6.
6. Para evitar infiltração de umidade no invólucro, instale um
acessório aprovado para selagem/drenagem no conduite
que vai para o instrumento.
7. A instalação elétrica está completa. Recoloque a tampa do
invólucro.
Cuidado: Em áreas de risco, não alimente o instrumento até que o conduite
esteja vedado e a tampa do invólucro esteja firme no lugar.
6
NOTA: O invólucro precisa ser aterrado através do parafuso verde dentro da base
do invólucro.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.4.1.1 Fiação do Invólucro do Sensor Remoto para o
Modelo 961
Os instrumentos Modelo 961 com montagem remota têm
o algarismo “1” como o 8º dígito do número do modelo
(961-XXXX-1XX). O cabo 037-3316-XXX já vem préconectado de fábrica na extremidade do sistema eletrônico.
O invólucro do sensor remoto tem as borneiras identificadas como TB1, TB2 e TB3. A fiação a partir do sensor
está pré-conectada na TB1. Conecte os fios 037-3316-XXX
às borneiras TB2 e TB3 conforme mostrado na Figura 7.
NOTA: O cabeamento 037-3316-XXX é conectado na fábrica
nos finais eletrônicos. As conexões TB1 e TB2 são exibidas
abaixo na figura 7 no evento o cabo precisa estar recolocado.
Modelo 961 Fiação de Montagem Remota
Invólucro do Transdutor
Posição do Terminal
Terminal Eletrônico de Bloqueio
e Posição Terminal
Fio
$;9=0FP9 /0 %0.0-
'
&48,6 /0 %0.0$;9=0FP9 /0 ';,8<74<<P9
'
&48,6 /0 ';,8<74<<P9
%
)
+! '
"#' #< 149< /0 <48,6 <P9
* % '4:9
.9,A4,6 .97 , .,:, -;,8., ,;;,8.,/, #< 149< /0
:;9=0FP9 <P9 :;0:,;,/,< .97 149 /0 .98/>FP9 /0
* .97 0<=,83,/9 <L64/9 /0 .9-;0
Terra
RECV
TB1
TB2
TB2
XMIT
P2
TB1
Shield: 1, 3
Signal: 2, 4
R29
Módulos Eletrônicos
Invólucro do Transdutor Remoto
Cabeamento 037-3316-xxx
Figura 7
Fiação do Sensor Remoto do Modelo 961
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
7
2.4.2 Fiação do Modelo 961 com Alimentação em Circuito
Fechado
Para instalações intrinsecamente seguras, consulte o Desenho
de Agência de Regulamentação na Seção 3.6.1. Deve-se usar fio
12-24 AWG para a fiação do circuito.
MODEL 961
FAULT
TEST
LOOP
TEST
Hi
Lo
8
16
F
A
U
L
T
TIME
DELAY
Cuidado: SIGA TODOS OS PADRÕES ELÉTRICOS APLICÁVEIS E
– +
Figura 8
Terra
Fiação do Modelo 961 com
Alimentação em Circuito Fechado
PROCEDIMENTOS ADEQUADOS PARA CONEXÃO ELÉTRICA.
– +
1. Certifique-se de que a fonte de alimentação esteja desligada.
2. Desrosqueie e remova a tampa do invólucro.
3. Passe o fio de par trançado através do conduite de conexão
elétrica.
4. Consulte a Figura 8. Conecte os fios aos terminais (+) e (-) na
borneira. Pode ser usado cabo sem blindagem (shield). Se for
usado cabo com shield, fixe o shield no parafuso de cabeça
verde.
5. Para evitar infiltração de umidade no invólucro, instale um
acessório aprovado para selagem/drenagem no conduite que
vai para o instrumento.
6. A instalação elétrica está completa. Recoloque a tampa do
invólucro.
Cuidado: Em áreas de risco, não alimente o instrumento até que o conduite esteja vedado e a tampa do invólucro esteja firme no lugar.
2.4.2.1 Fiação do invólucro do sensor remoto para o modelo 961
Os instrumentos Modelo 961 com montagem remota têm o
algarismo “1” no 8º dígito do número do modelo (961-XXXX1XX). O cabo 037-3316-XXX já vem pré-conectado de fábrica na
extremidade do sistema eletrônico, e seguro com uma braçadeira.
A outra extremidade do cabo é conectada pelo usuário dentro do
invólucro do sensor remoto, no terminal bloqueado marcado com
um rótulo azul 1 2 3 4. Veja Figura 9.
NOTA: o cabeamento 037-3316-XXX é conectado pelo fabricante na
extremidade do sistema eletrônico. As conexões TB2 e TB3 estão
exibidas na Figura 9 para o caso dos cabos precisarem ser recolocados.
Fiação de Montagem Remota de Circuito Fechado do Modelo 961
Posição do Sensor
Terminal do Invólucro
Fio
Terminal Bloqueador
Eletrônico e Posição Terminal
$;9=0FP9 /0 %0.0&48,6 %0.0-
'
$;9=0FP9 ';,8<74<<9;
&48,6 /9 ';,8<74<<9;
"#'
8
'
%
)
Fio
&48,6 /0 %0.0$;9=0FP9 /0 %0.0-
+! '
$;9=0FP9 /9 ';,8<74<<9;
$;9=0FP9 /9 ';,8<74<<9;
#< 149< /0 <48,6 <P9
* % '4:9
( .9,A4,6 .97 , .,:, -;,8., /0<08.,:,/, #< 149< /0 :;9=0FP9 <P9 :;0:,;,
/9< .97 149 .98/>=9; 0<=,83,/9 /0 .9-;0 <L64/9 *
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
RECV
FORCE
FAULT
TB3
FORCE
CHANGE
TB3
XMIT
8ma
16ma
FAULT
DELAY
Terra
TB2
Shield: 1, 3
Cabeamento 037-3316-xxx
TB2
Signal: 2, 4
Figura 9
Fiação do Sensor Remoto de Circuito Fechado do Modelo 961
2.4.3 Fiação do Modelo 962 com Alimentação em Linha
Deve-se usar fio 12-24 AWG para a fiação de alimentação
e do relê.
Relê SPDT
Relê SPDT
de Gap Inferior de Gap Superior
Relê SPDT
de Mal-funcionamento
NC
Energização
de Entrada
Terra
C
NO
MALF RELAY
HiPC
LoLC
NC
C
NO
NC
C
NO
LOWER
UPPER
MALF
MALF
UPPER
TEST
FAULT
LOWER
MODEL 962
Figura 10
L1
L2
TIME
DELAY
LEVEL
TEST
Fiação de Alimentação em Linha
do Modelo 962
Cuidado: SIGA TODOS OS PADRÕES ELÉTRICOS APLICÁVEIS E
PROCEDIMENTOS ADEQUADOS PARA CONEXÃO ELÉTRICA.
1. Certifique-se de que a fonte de alimentação esteja desligada.
2. Desrosqueie e remova a tampa do invólucro.
3. Passe os fios da alimentação e do relê através do conduite
de conexão elétrica.
4. Consulte a Figura 9. Conecte os fios de alimentação aos terminais apropriados. O Modelo 962 está disponível para alimentação AC (102 a 265 VAC) ou alimentação DC (18-32
VDC)
a. Alimentação AC – Conecte o fio fase ao terminal L1 e o
fio neutro ao terminal L2. O parafuso de cabeça verde
deve ser usado para o aterramento.
b. Alimentação DC – Conecte os fios aos terminais (+) e (-)
na borneira. O parafuso de cabeça verde deve ser usado
para o aterramento.
5. Conecte os fios desejados do relê conforme mostrado na
Figura 9.
6. Para evitar infiltração de umidade no invólucro, instale um
acessório aprovado para selagem/drenagem no conduite
que vai para o instrumento.
7. A instalação elétrica está completa. Recoloque a tampa do
invólucro.
Cuidado: Em áreas de risco, não alimente o instrumento até que o
conduite esteja vedado e a tampa do invólucro esteja
firme no lugar.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
9
2.4.3.1 Fiação do Invólucro do Sensor Remoto do Modelo 962
Os instrumentos Modelo 962 com montagem remota têm o
algarismo “1” no 8º dígito do número do modelo (962XXXX-1XX). O cabo 037-3316-XXX já vem pré-conectado de fábrica na extremidade do sistema eletrônico, e preso
com uma braçadeira. A outra extremidade do cabo é conectada pelo usuário dentro do invólucro do sensor remoto no
terminal bloqueado marcado com um rótulo azul 1 2 3 4 5 6
7 8. Veja Figura 11 para terminações apropriadas.
NOTA: o cabeamento 037-3317-XXX é conectado pelo fabricante na
extremidade do sistema eletrônico. As conexões TB1, TB2,
TB3 e TB4 estão exibidas abaixo na Figura 11 para o caso dos
cabos precisarem ser recolocados.
Terra
TB1
TB4
TB3
XMIT1
RCV2
Sinal: 2, 4, 6, 8
TB3
TB2
TB2
Proteção: 1, 3, 5, 7
XMIT2
TB4
RCV1
P2
TB1
Cabeamento 037-3317-xxx
Figura 11
Fiação do Sensor Remoto com Alimentação em Linha
do Modelo 962
Fiação de Montagem Remota com Alimentação em Linha do Modelo 962
Gap do
Sensor
Cabo
Marcador
Fio
Marcador
Posição TB do
Invólucro do Sensor
Fio
&>:0;49;
6=9
$;9=0FP9 /9 ';,8<7
&>:0;49;
6=9
&48,6 /9 ';,8<7
&>:0;49;
6=9
8083>7
$;9=0FP9 /9 %0.0:=9;
&>:0;49;
6=9
8083>7
&48,6 /9 %0.0:=9;
810;49;
,4A9
$;9=0FP9 /9 ';,8<7
810;49;
,4A9
&48,6 /9 ';,8<7
810;49;
,4A9
8083>7
$;9=0FP9 /9 %0.0:=9;
810;49;
,4A9
8083>7
&48,6 /9 %0.0:=9;
"#' #< 149< /0 <48,6 <P9
* % /9 =4:9
( .9,A4,4< .97 , .,:, -;,8., /0<08.,:,/,
=0FJ0< /9< 149< <P9 :;0:,;,/,< .97 149 .98/>=9; <L64/9 /0 .9-;0 0<=,83,/9
*
10
Posição do Terminal
e Electronica
do Invólucro TB
'
'
'
'
+!'
% )
+!'
% )
< :;9
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.4.4 Fiação do Modelo 962 com Alimentação em
Circuito Fechado
Para instalações intrinsecamente seguras, consulte o
Desenho de Agência de Regulamentação na Seção 3.6.1.
Deve-se usar fio 12-24 AWG para a fiação do circuito.
Cuidado: SIGA TODOS OS PADRÕES ELÉTRICOS APLICÁVEIS E
PROCEDIMENTOS ADEQUADOS PARA CONEXÃO ELÉTRICA.
MODEL 962
TIME
DELAY
FAULT
TEST
Hi
Lo
LOOP
TEST
8
12
16
– +
Figura 12
Terra
Fiação do Modelo 962 com
Alimentação em Circuito Fechado
– +
1. Certifique-se de que a fonte de alimentação esteja desligada.
2. Desrosqueie e remova a tampa do invólucro.
3. Passe o fio de par trançado através do conduite de
conexão elétrica.
4. Consulte a Figura 11. Conecte os fios aos terminais (+) e (-)
na borneira. Pode ser usado cabo sem blindagem (shield).
Se for usado cabo com shield, fixe o shield no parafuso de
cabeça verde.
5. Para evitar infiltração de umidade no invólucro, instale um
acessório aprovado para selagem/drenagem no conduite
que vai para o instrumento.
6. A instalação elétrica está completa. Recoloque a tampa do
invólucro.
Cuidado: Em áreas de risco, não alimente o instrumento até que o
conduite esteja vedado e a tampa do invólucro esteja
firme no lugar.
2.4.4.1 Fiação do Invólucro do Sensor Remoto para o
Modelo 962
Os instrumentos Modelo 962 com montagem remota têm o
algarismo “1” no 8º dígito do número do modelo
(962-XXXX-1XX). O cabo 037-3317-XXX já vem préconectado de fábrica na extremidade do sistema eletrônico e
seguro por uma braçadeira. A outra extremidade do sistema é
conectado pelo usuário dentro do invólucro do sensor remoto nos terminais marcados como 1 2 3 4 5 6 7 8 em um rótulo azul. Veja Figura 13 para terminações apropriadas.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
11
TB1
Terra
TB1
TB3
XMIT2
TB4
RECV2
Proteção: 1, 3, 5, 7
Sinal: 2, 4, 6, 8
Cabeamento 037-3317-xxx
XMIT1
TB2
RECV1
TB4
TB3
TB2
Fiação do Sensor Remoto do Modelo 962
Figure 13
Fiação do Sensor Remoto de Circuito Fechado do Modelo 962
Fiação de Montagem Remota de Circuito Fechado do Modelo 962
Gap do
Sensor
"#'
Cabo
Marcador
Fio
Marcador
Sensor do
Invólucro TB
Fio
(::0;
423
';,8<74= &3406/
(::0;
423
';,8<74= &428,6
(::0;
423
8980
%0.04?0 &3406/
(::0;
423
8980
%0.04?0 &428,6
[email protected];
9@
';,8<74= &3406/
[email protected];
9@
';,8<74= &428,6
[email protected];
9@
8980
%0.04?0 &3406/
[email protected];
9@
8980
%0.04?0 &428,6
Electronica
do Invólucro TB e
Posição do Terminal
'
'
'
'
+!'
% )
+!'
% )
#< 149< /0 <48,6 <P9
* % =4:9
( .9,A4,6 .97 , .,:, -;,8., /0<08.,:,/, #< 149< /0 :;9=0FP9
<P9 :;0:,;,/9< .97 >7 149 .98/>=9; <L64/9 /0 .9-;0 0<=,83,/9
*
2.5
Configuração
2.5.1 Configuração do Modelo 961 com Alimentação em Linha
•
•
•
•
•
12
Os instrumentos Modelo 961 com alimentação em linha
têm as seguintes opções de configuração:
Potenciômetro TIME DELAY (Retardo de Tempo) para
média de sinal de 0.5 a 45 segundos
Tecla LEVEL TEST (Teste de Nível) para testar o alarme
DPDT do nível do processo
Tecla MALF TEST (Teste de Mau Funcionamento) para
testar o alarme SPDT de mau funcionamento
DIP Switch Hi/Lo para seleção do fail-safe de nível alto
(high) ou baixo (low)
DIP Switch I/J para operação conjunta ou independente
dos relês.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.5.1.1 Potenciômetro de Retardo de Tempo (Time Delay)
NC
C
NO
MALF RELAY
NC
MALF
TEST
Hi I
Lo J
C
NO
NC
C
NO
L1
MALF
WET
FAULT LEVEL
MODEL 961
O potenciômetro de retardo de tempo normalmente é usado
em aplicações onde turbulência ou respingos podem causar
falsos alarmes de nível. Este é um potenciômetro de 25
voltas, com um ajuste de fábrica de 0.5 segundos. Se desejado,
o potenciômetro pode ser girado no sentido horário para
aumentar o tempo de resposta de 0.5 segundos (padrão) para
um máximo de 45 segundos. Para reduzir o tempo de retardo,
gire o potenciômetro no sentido anti-horário.
L2
TIME
DELAY
LEVEL
TEST
Tecla de
Teste de Nível
High/Low
DIP Switch
Teste de
Mal-funcionamento
Potenciômetro de
Retardo de Tempo
DIP Switch
Independente (I) / Conjunto (J)
Gire
para aumentar
o retardo de tempo
Gire
para diminuir
o retardo de tempo
Figura 14
Configuração do Modelo 961 com
Alimentação em Linha
Indicação do LED de Falha e de
Mau Funcionamento
Condições de LED vermelho LED verde de mau
Operação
de falha
funcionamento
Normal
Falha
Apagado
Aceso
Aceso
Apagado
O LED “WET” (molhado) não é influenciado pelo potenciômetro de retardo de tempo. Como exemplo, ao girar o
potenciômetro várias voltas no sentido horário coloca-se
um tempo de retardo no 961. Quando a ponta do sensor é
mergulhada na água com a chave Hi/Lo na posição Hi, são
obtidos os seguintes resultados:
• O LED “WET” (molhado) se acenderá imediatamente.
• Após o tempo de retardo, o LED “LEVEL” (nível) se apagará e o relê DPDT do nível do processo será desenergizado.
Quando a ponta do sensor é retirada da água, o LED
“WET” (molhado) se apaga imediatamente. Após o tempo
de retardo, o LED “LEVEL” (nível) se acenderá e o relê
DPDT do nível do processo será energizado.
2.5.1.2 Tecla de Teste de Nível (Level Test)
A tecla de teste de nível é usada para testar manualmente o
relê DPDT de nível do processo. Quando se pressiona esta
tecla, o estado do relê DPDT muda de energizado para não
energizado ou vice-versa. Isto pode ser usado para testar
manualmente o relê e o que estiver conectado ao relê. O
potenciômetro de retardo de tempo não afeta a operação
da tecla de teste de nível.
2.5.1.3 Tecla de Teste de Mau Funcionamento (Malf Test)
A tecla de teste de mau funcionamento é usada para testar
manualmente o relê SPDT de mau funcionamento. Quando
esta tecla é mantida pressionada por 2 segundos, o relê SPDT
é desenergizado, indicando uma condição de falha. Isto pode
ser usado para testar manualmente o relê e o que estiver
conectado ao relê. O potenciômetro de retardo de tempo não
afeta a operação da tecla de mau funcionamento.
NOTA: Sob condições operacionais normais, o LED vermelho de falha
está apagado e o LED verde de mau funcionamento está aceso,
indicando que o relê de mau funcionamento está energizado.
Caso ocorra uma condição de falha, o LED vermelho de falha se
acende e o LED verde de mau funcionamento se apaga, indicando que o relê de mau funcionamento está desenergizado.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
13
2.5.1.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo)
A DIP switch Hi/Lo seleciona se o 961 será usado como
chave fail-safe de nível alto (HLFS) ou chave fail-safe de
nível baixo (LLFS)
Na posição Hi o relê do processo de nível DPDT vai
desernegizar (condição de alarme) quando o gap se tornar
molhado.
Na posição Lo o relê do processo de nível DPDT vai
desernegizar (condição de alarme) quando o gap se tornar
seco. A tabela ajuda na configuração da DIP switch Hi/Lo.
Configuração de High/Low DIP Switch !9/069
Hi/Lo DIP
Switch
Condição do Condição do
Gap
Nível
Relês de
Contato
64708=,/9 07 483,
LED de
Molhado
LED de Nível
#11
#8
#8
#11
#8
#8
#11
#11
NC
4
&
C
&0.9
NO
"9;7,6
80;24B,/9
NC
4
&
C
!963,/9
NO
6,;7
0<0;8024B,/9
NC
9
&
C
!963,/9
NO
"9;7,6
80;24B,/9
NC
9
&
C
&0.9
NO
6,;7
0<0;8024B,/9
2.5.1.5 DIP Switch Independente / Conjunta (I / J)
A DIP switch I/J é usada para configurar se o relê SPDT de
mau funcionamento vai atuar de forma independente ou conjunta com o relê DPDT de nível do processo. O instrumento
sai da fábrica com a chave na posição “I”, onde os relês agem
de forma totalmente independente um do outro. Se esta DIP
switch estiver na posição “J”, tanto o relê SPDT de mau funcionamento quanto o relê DPDT de nível do processo serão
desenergizados quando for detectada uma falha.
14
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.5.2 Configuração do Modelo 961 com Alimentação
em Circuito Fechado
•
NC
C
NO
MALF RELAY
NC
MALF
TEST
Hi I
Lo J
C
NO
NC
C
NO
L1
WET
MALF
FAULT LEVEL
MODEL 961
•
L2
•
TIME
DELAY
LEVEL
TEST
•
Tecla de
Teste de Nível
High/Low
DIP Switch
Teste de
Mal-funcionamento
Potenciômetro de
Retardo de Tempo
DIP Switch
Independente (I) / Conjunto (J)
Gire
para aumentar
o retardo de tempo
Gire
para diminuir
o retardo de tempo
Figura 15
Configuração do Modelo 961 com
Alimentação em Circuito Fechado
•
Os instrumentos Modelo 961 com alimentação em circuito
fechado têm as seguintes opções de configuração:
Potenciômetro TIME DELAY (Retardo de Tempo) para
média de sinal de 0.5 a 45 segundos
Tecla LOOP TEST (Teste de Circuito) para testar a corrente de saída de 8/16 mA
Tecla FAULT TEST (Teste de Falha) para testar a corrente
de falha de 5 ou 22mA
DIP Switch Hi/Lo para seleção do fail-safe de nível alto
(high) ou baixo (low)
DIP Switch 22/5 para selecionar a corrente de saída em mA
no caso de falha
2.5.2.1 Potenciômetro de Retardo de Tempo (Time Delay)
O potenciômetro de retardo de tempo normalmente é usado
em aplicações onde turbulência ou respingos podem causar falsos alarmes de nível. Este é um potenciômetro de 25 voltas,
com um ajuste de fábrica de 0.5 segundos. Se desejado, o
potenciômetro pode ser girado no sentido horário para aumentar o tempo de resposta de 0.5 segundos (padrão) para um
máximo de 45 segundos. Para reduzir o tempo de retardo, gire
o potenciômetro no sentido anti-horário.
2.5.2.2 Tecla de Teste de Circuito (Loop Test)
A tecla de teste de circuito é usada para testar manualmente a
corrente de saída do circuito. Quando se pressiona esta tecla, a
saída muda de 8 mA para 16 mA ou então de 16 mA para 8
mA. Isto pode ser usado para testar manualmente a corrente
de saída do circuito e o que estiver conectado ao 961. O
potenciômetro de retardo de tempo não afeta a operação da
tecla de teste de circuito.
2.5.2.3 Tecla de Teste de Falha (Fault Test)
A tecla de teste de falha é usada para forçar manualmente o 961
no valor de mA que está selecionado na DIP switch 22/5.
Quando se pressiona esta tecla durante 2 segundos, faz-se uma
simulação de falha no circuito. Isto faz com que a saída vá para a
corrente selecionada de falha, 22 ou 5 mA, e o LED de falha
(FAULT) vermelho se acenda. O potenciômetro de retardo de
tempo não afeta a operação da tecla de mau funcionamento.
NOTA: A falha corrente vai ser maior que 21 mA, ou menor que 3.6 mA.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
15
2.5.2.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo)
A DIP switch Hi/Lo é usada para selecionar se o 961 será usado
como chave fail-safe de nível alto ou chave fail-safe de nível
baixo. A operação de nível do processo normal produz um valor
de 8 mA, e um valor de 16 mA é produzido quando o instrumento está em um estado de alarme de nível. A tabela pode ser
usada para ajudar na configuração da DIP switch Hi/Lo.
Configuração de Alto/Baixo DIP Switch !9/069
Hi/Lo DIP
Switch
4
Condição
de Gap
Condição
de Nível
Sinal de
Saída
/0 .4;.>4=9 10.3,/9
8 mA
LED
16 mA
LED
FAULT
LED
&0.9
7
G 7
#8
#11
#11
R74/9
7
G 7
#11
#8
#11
R74/9
7
G 7
#8
#11
#11
&0.9
7
G 7
#11
#8
#11
&
9
&
"#'
#
/0 1,63, <L ,.08/0 />;,8=0 >7, .98/4FP9 /0 1,63,
2.5.2.5 DIP Switch 22/3.6
A DIP switch 22/3.6 é usada para selecionar se o 961 vai
produzir uma saída de 22 mA ou 3.6 mA quando o instrumento detectar uma condição de falha.
NOTA: A corrente de falha será maior que 21 mA ou menor que 3.6 mA.
16
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.5.3 Configuração do Modelo 962 com
Alimentação em Linha
•
NC
C
NO
MALF RELAY
HiPC
LoLC
NC
C
NO
NC
C
NO
L1
LOWER
UPPER
MALF
MALF
UPPER
TEST
FAULT
LOWER
MODEL 962
•
L2
TIME
DELAY
•
LEVEL
TEST
Tecla de
Teste de Nível
Teste de
Mal-funcionamento
Potenciômetro de
Retardo de Tempo
2.5.3.1 Potenciômetro de Retardo de Tempo (Time Delay)
DIP Switch
PC (Controle da Bomba)
LC (Controle do Nível)
Gire
para aumentar
o tempo de retardo
Gire
para diminuir
o tempo de retardo
Figura 16
•
•
DIP Switch
High/Low
Os instrumentos Modelo 962 com alimentação em linha
têm as seguintes opções de configuração:
Potenciômetro TIME DELAY (Retardo de Tempo) para
média de sinal de 0.5 a 45 segundos
Tecla LEVEL TEST (Teste de Nível) para testar os relês
SPDT de nível do processo
Tecla MALF TEST (Teste de Mau Funcionamento) para
testar o relê SPDT de mau funcionamento
DIP Switch Hi/Lo para seleção do fail-safe de nível alto
(high) ou baixo (low)
DIP Switch PC/LC para controle do nível ou controle da
operação da bomba
O potenciômetro de retardo de tempo normalmente é usado
em aplicações onde turbulência ou respingos podem causar
falsos alarmes de nível. Este é um potenciômetro de 25
voltas, com um ajuste de fábrica de 0.5 segundos. Se desejado,
o potenciômetro pode ser girado no sentido horário para
aumentar o tempo de resposta de 0.5 segundos (padrão) para
um máximo de 45 segundos. Para reduzir o tempo de retardo,
gire o potenciômetro no sentido anti-horário.
Configuração do Modelo 962 com
Alimentação em Linha
2.5.3.2 Tecla de Teste de Nível (Level Test)
A tecla de teste de nível é usada para testar manualmente
ambos os relês SPDT de nível do processo. Quando se pressiona esta tecla, o estado de ambos os relês SPDT de nível do
processo muda de energizado para não energizado ou viceversa. Isto pode ser usado para testar manualmente os relês e o
que estiver conectado a eles. O potenciômetro de retardo de
tempo não afeta a operação da tecla de teste de nível.
Indicação do LED de Falha e de
Mau Funcionamento
2.5.3.3 Tecla de Teste de Mal Funcionamento
Condições de LED vermelho LED verde de mau
Operação
de falha
funcionamento
Normal
Falha
Apagado
Aceso
Aceso
Apagado
A tecla de teste de mal funcionamento é usada para testar manualmente o relê SPDT de mal funcionamento. Pressionando e
sugurando este botão por dois secundos vai levar todos os três
relês a se desernegizarem, indicando a condição de falha. Este
pode ser usado para testar manualmente o relê, e se está conectado a este relê. O tempo de delay não aftea a operação da tecla
de mal funcionamento.
NOTA: Sob condições normais de operação o LED vermelho de falha fica
Off e o LED verde de mal funcionamento fica On, indicando que o
relê de mal funcionamento está energizado. Ocorrendo uma
condição de falha, o LED vermelho de falha é acendido e o LED
verde se apaga, indicando que o relê de mal funcionamento está
desernegizado.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
17
2.5.3.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo)
A DIP switch Hi/Lo é usada para selecionar se o 962 será
usado como chave fail-safe de nível alto (HLFS) ou chave
fail-safe de nível baixo(LLFS). O ajuste da DIP switch
Hi/Lo também afeta o modo como a DIP switch PC/LC
configura o instrumento. Leia a Seção 2.5.3.5 abaixo e
depois vá para a tabela na Seção 2.5.3.6 ou 2.5.3.7 para
informações sobre o ajuste adequado dessas duas DIP
switches.
2.5.3.5 DIP Switch PC/LC
(Controle da Bomba / Controle do Nível)
A DIP switch PC/LC é usada para selecionar se o 962 irá
operar no modo de controle da bomba ou no modo de
controle do nível. Selecione “LC” (Level Control) para usar
o 962 como um controlador de nível, onde os relês operam
de forma independente um do outro. Selecione “PC”
(Pump Control) para usar o 962 como um controlador de
bomba, onde os relês permanecem fixos para permitir um
modo de auto-enchimento ou auto-esvaziamento.
As tabelas de configuração (Seção 2.5.3.6 ou 2.5.3.7) são
usadas para o ajuste apropriado das DIP switches Hi/Lo e
PC/LC e também indicam a situação dos LEDs amarelos
LOWER (inferior) e UPPER (superior). O LED verde
MALF (mau funcionamento) e os LEDs vermelhos
FAULT (falha) não estão incluídos nesta tabela intencionalmente.
2.5.3.6 Tabela de Configuração das LC e Hi/Lo Dip Switch
Controle de Nível
Gap Inferior
Gap Superior
Relê
LED
Relê
LED
4
080;24B,/9
#8
080;24B,/9
#8
9
/0<0;8024B,/9
#11
/0<0;8024B,
/9
#11
4
/0<0;8024B,/9
#11
080;24B,/9
#8
9
080;24B,/9
#8
/0<0;8024B,
/9
#11
4
/0<0;8024B,/9
#11
/0<0;8024B,
/9
#11
9
080;24B,/9
#8
080;24B,/9
#8
Condição Hi/Lo DIP
de Nível
Switch
"#'
18
$ <@4=.3 .98142>;,/, :,;,
>;,8=0 , .98/4FP9 /0 1,63, =9/9< 9< =;N< ;06N< /0<0;8024B,/9<
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.5.3.7 Tabelas de Configuração das DIP Switches PC e Hi/Lo
Bomba de Controle
$ <@4=.3 .98142>;,/, :,;, $
Sequência da Bomba de Controle com Auto esvaziamento
Condição
de Nível
"#'
Gap Inferior
Gap Superior
Relê
LED
Relê
LED
4
080;24B,/9
#8
080;24B,/9
#8
4
080;24B,/9
#8
080;24B,/9
#8
4
/0<080;24B,/9
#11
/0 080;24B0/
#11
4
/0<080;24B,/9
#11
/0 080;24B0/
#11
4
080;24B,/9
#8
080;24B0/
#8
Hi/Lo DIP
Switch
>;,8=0 , .98/4FP9 /0 1,63, =9/9< 9< =;N< ;06N< /0<080;24B,/9<
Bomba de Controle
$ <@4=.3 .98142>;,/, :,;, $
Sequência da Bomba de Controle com Auto esvaziamento
Level
Condition
"#'
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Hi/Lo DIP
Switch
Gap Inferior
Gap Superior
Relê
LED
Relê
LED
9
/0<080;24B,/9
#11
/0<080;24B,/9
#11
9
/0<080;24B,/9
#11
/0<080;24B,/9
#11
9
080;24B,/9
#8
080;24B,/9
#8
9
080;24B,/9
#8
080;24B,/9
#8
9
/0<080;24B,/9
#11
/0<080;24B,/9
#11
>;,8=0 , .98/4FP9 /0 1,63, =9/9< 9< =;N< ;06N< /0<080;24B,/9<
19
2.5.4 Configuração do Modelo 962 com
Alimentação em Circuito Fechado
MODEL 962
TIME
DELAY
FAULT
TEST
LOOP
TEST
8
Hi
Lo
12
16
– +
•
•
•
•
High/Low
DIP Switch
•
Tecla de
Teste de
Falha
Potenciômetro de
Retardo do Tempo
Tecla de
Teste de Circuito
22/3.6 mA
DIP Switch
Gire
para aumentar
o tempo de retardo
Gire
para diminuir
o tempo de retardo
Figura 17
Configuração do Modelo 962 com
Alimentação em Circuito Fechado
Os instrumentos Modelo 962 com alimentação em circuito
fechado têm as seguintes opções de configuração:
Potenciômetro TIME DELAY (Retardo de Tempo) para
média de sinal de 0.5 a 45 segundos
Tecla LOOP TEST (Teste de Circuito) para testar a corrente de saída de 8/12/16 mA
Tecla FAULT TEST (Teste de Falha) para testar a corrente
de falha de 5 ou 22mA
DIP Switch Hi/Lo para seleção do fail-safe de nível alto
(high) ou baixo (low)
DIP Switch 22/5 para selecionar a corrente de saída em
mA no caso de falha
2.5.4.1 Potenciômetro de Retardo de Tempo (Time Delay)
O potenciômetro de retardo de tempo normalmente é usado
em aplicações onde turbulência ou respingos podem causar
falsos alarmes de nível. Este é um potenciômetro de 25
voltas, com um ajuste de fábrica de 0.5 segundos. Se desejado, o potenciômetro pode ser girado no sentido horário para
aumentar o tempo de resposta de 0.5 segundos (padrão) para
um máximo de 45 segundos. Para reduzir o tempo de retardo, gire o potenciômetro no sentido anti-horário.
2.5.4.2 Tecla de Teste de Circuito (Loop Test)
A tecla de teste de circuito é usada para testar manualmente a corrente de saída do circuito. Quando se pressiona esta tecla, a saída muda de 8 mA para 12 mA, de
12mA para 16 mA, ou de 16 mA para 8 mA. Isto pode ser
usado para testar manualmente a corrente de saída do circuito e o que estiver conectado ao 962. O potenciômetro
de retardo de tempo não afeta a operação da tecla de teste
de circuito.
2.5.4.3 Tecla de Teste de Falha (Fault Test)
A tecla de teste de falha é usada para forçar manualmente o
962 no valor de mA que está selecionado na DIP switch
22/5. Quando se pressiona esta tecla durante 2 segundos,
faz-se uma simulação de falha no circuito. Isto faz com que a
saída vá para a corrente de falha selecionada, 22 ou 5 mA, e
os 3 LEDs se apagam. O potenciômetro de retardo de
tempo não afeta a operação da tecla de mau funcionamento.
NOTA: A corrente de falha será maior que 21 mA ou menor que 3.6 mA.
20
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
2.5.4.4 DIP Switch Alto/Baixo (Hi/Lo)
A DIP switch Hi/Lo é usada para selecionar se o 962 será
usado como chave fail-safe de nível alto ou chave fail-safe
de nível baixo. A operação de nível do processo normal
produz um valor de 8 mA, e um valor de 16 mA é produzido quando o instrumento está em um estado de
alarme de nível. A tabela abaixo pode ser usada para ajudar
na configuração da DIP switch Hi/Lo:
Configuração de High/Low DIP Switch !9/069
Hi/Lo DIP
Switch
4
Condição de
Nível
&
9
&
"#'
Sinal de
Saída
/0
4;.>4=9 0.3,/9
LED verde LED amarelo LED vermelho
8 mA
12 mA
16 mA
7
G 7
#8
#11
#11
7
G 7
#11
#8
#11
7
G 7
#11
#11
#8
7
G 7
#8
#11
#11
7
G 7
#11
#8
#11
7
G 7
#11
#11
#8
>;,8=0 >7, .98/4FP9 /0 1,63, =9/9< 9< =;N<
< ?P9 14.,; ,:,2,/9<
2.5.4.5 DIP Switch 22/5
A DIP switch 22/5 é usada para selecionar se o 962 produzirá uma saída de 22 mA ou 5 mA quando o instrumento
detectar uma condição de falha.
NOTA: A corrente de falha será maior que 21 mA ou menor que 3.6 mA.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
21
3.0
3.1
Informações de Referência
Especificações do Sistema Eletrônico
3.1.1 Modelo 961/962 com Saída Relê
Tensão de Alimentação
Saídas Relê
Tipo de Relê
Fail-safe
SIL (Safety Integrity Level)
Consumo de Energia
Temperatura Ambiente
961:
962:
DPDT:
SPDT:
961:
962:
961/962:
102 a 265 VAC, ou 18 a 32 VDC
Um relê DPDT de nível e um relê SPDT de mau funcionamento
Dois relês SPDT de nível e um relê SPDT de mau funcionamento
5 Ampères a 120 VAC, 250 VAC e 30 VDC, 0.15 Ampères a 125 VDC
5 Ampères a 120 VAC, 250 VAC e 30 VDC, 0.15 Ampères a 125 VDC
Selecionável para nível alto ou baixo
SIL 2 como 1oo1 com 92.0% de SFF (Safe Failure Fraction)
SIL 2 como 1oo1 com 91.5% de SFF (Safe Failure Fraction)
Menos que 3 watts
-40° a +160° F (-40° a +71° C)
3.1.2 Modelo 961/962 com Saída em Mudança de Corrente
Tensão de Alimentação
Saída em Mudança de Corrente
Resistência do Circuito
Fail-safe
SIL (Safety Integrity Level)
Consumo de Energia
Temperatura Ambiente
961:
962:
961/962:
961:
962:
961/962
11 a 35 VDC
8 mA em operação normal, 16 mA em nível de alarme (±1 mA)
8 mA em operação normal, 12 mA gap alarm inferior, 16 mA gap alarm superior (±1 mA)
3.6 mA ou 22 mA, selecionável sinal de falha (±1 mA)
104 ohms com entrada de 11 VDC, 1100 ohms com entrada de 35 VDC
Selecionável para nível alto ou baixo
SIL 2 como 1oo1 com 91.4% de SFF (Safe Failure Fraction)
SIL 2 como 1oo1 com 91.8% de SFF (Safe Failure Fraction)
Menos que 1 watt
-40° a +160° F (-40° a +71° C)
3.2 Especificações de Desempenho
Repetibilidade
Tempo de Resposta
Retardo de Tempo
Autoteste
Automático:
Manual:
Classe de Choque
Classe de Vibração
Umidade
Compatibilidade Eletromagnética
22
+/- 0.078" (2 mm)
normalmente ½ segundo
Variável 0.5 – 45 segundos com nível subindo e descendo
Verifica continuamente a operação do sistema eletrônico,
sensor, cristais piezelétricos e ruído elétrico
A tecla verifica a operação do sistema eletrônico, sensor e
cristais piezelétricos
ANSI/ISA-S71.03 Classe SA1
ANSI/ISA-S71.03 Classe VC2
0 – 99%, sem condensação
Atende às exigências da CE: EN 61326
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
3.3 Especificações Físicas
Material do Invólucro
Entrada do cabo
Peso Bruto
3.4
Sensor de 2"
Alumínio fundido A356-T6, ou aço inox 316 fundido
3⁄4" NPT, ou M20
Sistema Eletrônico do 961/962: 2.2 lb. (1.0 kg)
(5 cm): 0.6 lb. (0.3 kg)
Especificações do Sensor
3.4.1 Modelo 9A1/9M1 Para um Único Ponto
Material do Sensor
Código do Material (veja a página 23)
Faixa de Temperatura da Operação
Pressão Máxima (2)
Comprimento da Atuação
Aço Inox 316
A (1), S, N, K
-40° to +325° F (-40° to +163° C)
2000 psi (138 bar)
1" and 2"
(3 and 5 cm)
Hastelloy C-276
B
-40° to +325° F (-40° to +163° C)
2000 psi (138 bar)
1" and 2"
(3 and 5 cm)
A (1), S, N, K
Hastelloy C-276
B
Monel
Kynar
-40° to +325° F (-40° to +163° C)
-40° to +325° F (-40° to +163° C)
C
CPVC
1500 psi (103 bar)
-40° to +325° F (-40° to +163° C)
R
E
1500 psi (103 bar)
1200 psi (83 bar)
-40° to +250° F (-40° to +121° C)
P
Código do Material (veja a página 24)
Aço Inox 316
(1) # .L/429 /0 !,=0;4,6 C D /9 !9/069
H
H =9
H
(2)
-40° to +325° F (-40° to +163° C)
P
-40° to +180° F (-40° to +82° C)
:<4
Temperatura (°F)
5" to 130" (13 to 330 cm)
H =9
-,;
Classes do Sensor de CPVC
Pressão (psi)
Pressão (bar)
Pressão (psi)
Faixa com flange 150 lb
Raixa com flange PN16
1500 psi (103 bar)
Comprimento da Atuação
veja os gráficos abaixo 5" to 130" (13 to 330 cm)
Classes do Sensor Kynar
" NPT
Pressão Máxima (2)
! =07 >7, 9:FP9 /0 <08<9; .;492N84.9 :,;, >7 ;,820 /0 =07:0;,=>;, /0 9:0;,FP9 /0
:;0<<P9 7M847, :,;, =9/9< 9< <08<9;0< O /0
Faixa com
1" to 130" (3 to 330 cm)
veja os gráficos abaixo 2" to 130" (5 to 330 cm)
Faixa de Temperatura da Operação
A, K
CPVC
3" to 130" (6 to 330 cm)
veja os gráficos abaixo 2" to 130" (5 to 330 cm)
-40° to +180° F (-40° to +82° C)
3.4.2 Modelo 9A2/9M2 Para Dois Pontos
Material do Sensor
3" to 130" (6 to 330 cm)
Pressão (bar)
Aço Inox 316
Temperatura (°C)
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Temperatura (°F)
Temperatura (°C)
23
3.5
Especificações Dimensionais
Polegadas (mm)
5.24
(133)
4.00
(102)
4.00
(102)
4.43 (113)
5.75
(146)
4.43 (113)
2.35 (60) Típico
1.05 (26)
Típico
1.8 (46) Típico
Comprimento de Atuação
para Tri-Clamp fitting
0.25 (6)
0.25 (6)
.875 (22)
0.25 (6)
.875 (22)
Modelo 961
com Invólucro Sanitário e TriClamp® 16 AMP Fitting
.875 (22)
Modelo 961
com Invólucro de Alumínio
Fundido e Conexão NPT
4.00
(102)
Modelo 961
com invólucro de Aço Inox
Fundido e Flange ANSI
4.00
(102)
4.43 (113)
4.43 (113)
2.35 (60) Típico
2.35 (60) Típico
Comprimento de Atuação
para flange CPVC
Comprimento de Atuação
para flange Kynar
0.25 (6)
0.25 (6)
.875 (22)
Modelo 961
com Invólucro de Alumínio
Fundido e Flange CPVC
24
Comprimento de Atuação
para flange ANSI
Comprimento de Atuação
para conexão NPT
.875 (22)
Modelo 961
com Invólucro de Alumínio
Fundido e Flange Kynar
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
3.5
Especificações Dimensionais
Polegadas (mm)
4.00
(102)
4.00
(102)
3.95
(100)
4.43 (113)
1.8 (46) Típico
2 Holes
.38 (10) dia.
2.75
(70)
Comprimento de Atuação
para conexão NPT
3.00
(76)
2.00
(51)
0.25 (6)
3.50
(89)
.875 (22)
Modelo 961/962
com Sistema Eletrônico Remoto
Sensor Remoto
com Conexão NPT
4.00
(102)
4.00
(102)
4.43 (113)
4.43 (113)
1.8 (46) Típico
2.35 (60) Típico
Atuação
Comprimento B
Atuação
Comprimento B
Atuação
Comprimento A
0.25 (6)
.875
(22) Dia.
Modelo 962
com Conexão NPT
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Atuação
Comprimento A
0.25 (6)
.875
(22) Dia.
Modelo 962
com Flange ANSI
25
3.6
Aprovação de Agências
AGENCIA
MODELOS APROVADOS
MÉTODO DE PROTEÇÃO
FM & CSA
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
++
+
.97 <08<9;0<
+ ++++ +++ 9;
!+ ++++ +++
S :;9?, /0 0A:69<P9
6,<<0
6,<<0
6,<<0
4?
;>:9<
0
4?
;>:9<
0
'4:9 + $
'
+ ++ + +++ 9;
.97 <08<9;0<
+ ++++ +++ 9;
!+ ++++ +++
"P9 8.08/4Q?04<
6,<<0
6,<<0
6,<<0
4?
;>:9<
4?
;>:9<
'4:9 + $
'
+
++ +
.97 <08<9;0<
+ ++++ +++ 9;
!+ ++++ +++
8=;48<0.,708=0 &02>;9
6,<<0
6,<<0
6,<<0
4?
;>:9<
4?
;>:9<
'4:9 + $
'
$$ $ # $ ( % $
() $
$
!*
&
$ # "& #
% $
%#
$
&
$
$
! $
$! $ % '
ATEX/IEC
+ ++ + +
+ ++ + +
+ ++ + +
+ ++ + +
.97 <08<9;0<
++ +++ +++
++ &+++ +++
++ +++ +++
++ +++ +++
++ "+++ +++
++ +++ +++
+
+
+
+
+
+
+
+
+
+
+
+
CLASSIFICAÇÃO DE ÁREA
:;9?, /0 .3,7,<
A
A/
8=;48<0.,708=0 &02>;9
A
'
A/
'
, -
A 4,
'
,
,
0
0
-
' +
' +
.97 <08<9;0<
++ +++ +++
++ &+++ +++
++ +++ +++
++ +++ +++
++ "+++ +++
++ +++ +++
INMETRO
98<>6=0 9 1,-;4.,8=0
: 79/069< ,:;9?,/9<
S :;9?, /0 A:69<P9
8=;48<0.,708=0 &02>;9
A/
A 4,
'
'
, - $ *
, $ *
CCOE
98<>6=0 9 1,-;4.,8=0
: 79/069< ,:;9?,/9<
:;9?, /0 .3,7,<
8=;48<0.,708=0 <02>;9
A/
A 4,
'
'
,
Estas Unidades foram testadas para EN 61326 e estão
de acordo com a Diretiva 2004/108/EC da EMC.
26
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Notas:
1. As instruções de instalação do fabricante fornecidas com a barreira protetora
CEC
(para
CSA) ou NEC e ANSI/ISA RP 12.6 (para FM) devem ser
seguidas quando da instalação
deste equipamento.
2. Equipamentos de controle conectados a barreiras protetoras não podem usar ou gerar mais
que 250 VDC ou VRMS.
3. Não podem ser feitas revisões neste desenho sem a aprovação da FMRC e CSA.
4. Para CSA: EXIA Intrinsecamente Seguro/Securité Intrinseque.
5. Para CSA: Atenção – Risco de Explosão – A substituição de componentes pode prejudicar a
adequação para locais de risco. Para CSA: Atenção – Risco de Explosão – Não desconecte o
equipamento a menos que a energia tenha sido desligada ou a área seja sabidamente segura.
6. Para as conexões de alimentação, use fio adequado à temperatura de operação. Para um ambi
ente a 71o C, use um fio com uma classificação de temperatura mínima de 75o C.
7. O dispositivo também pode ser instalado em:
Classe I, Divisão 2, Grupos A, B, C e D
Classe II, Divisão 2, Grupos E, F e G (F e G somente para FMRC)
Classe III, Locais de Risco, e não requer conexão a uma barreira protetora quando
instalado de acordo com o CEC (para CSA) ou o NEC (para FMRC) e quando
conectado a uma fonte de alimentação que não ultrapasse 30 VDC.
LOCAIS DE RISCO
BARREIRA
INTRINSECAMENTE
SEGURA
A tensão (Vmax) e a corrente (Imax) que o transmissor pode receber devem ser
iguais ou maiores que a tensão máxima no circuito aberto (Voc ou V+) e que a corrente máxima de curto circuito (Isc ou IE) que podem ser fornecidas pelo dispositivo-fonte. Além disso, a capacitância (Ci) e a indutância (Li) máximas da carga e a
capacitância e a indutância da fiação de conexão devem ser iguais ou menores que a
capacitância (Ca) ou indutância (La) que podem ser conduzidas pelo dispositivofonte.
LOCAIS SEGUROS
3.6.1 Desenho de Agência de Regulamentação (FM/CSA) e Parâmetros de Entidade
27
3.7 Solução de Problemas
Cuidado: Em áreas de risco, não remova a tampa do invólucro até que a alimentação
esteja desconectada e a atmosfera seja segura.
O Modelo 961/962 tem uma função exclusiva de diagnóstico para ajudar a
solucionar problemas caso ocorra uma falha. Um microprocessador no sistema eletrônico monitora continuamente todos os dados de autoteste. Caso
ocorra uma falha, o microprocessador pode determinar se o mau funcionamento deve-se ao sistema eletrônico, ao sensor, aos cristais piezelétricos ou
à presença de ruído ambiental. Utiliza-se uma tecla e o LED de falha
(FAULT) para auxiliar a solucionar problemas com a chave:
• O LED de falha (FAULT) piscando uma vez indica um problema com o
sensor, com os cristais piezelétricos ou com a fiação de interconexão.
• O LED de falha (FAULT) piscando duas vezes indica um problema com
uma das placas do sistema eletrônico.
• O LED de falha (FAULT) piscando três vezes indica níveis excessivos de
ruído ambiental.
Se uma condição de falha é detectada por um 961/962 alimentado em linha,
o MALF LED vai se tornar para desligado, indicando que o relê está
desenergizado, e o LED DE FALHA vai ficar ligado. Se uma condição de
falha é detectada por um circuito fechado 961, os LED 8 e 16 mA se
desligam, e o LED DE FALHA vai ficar ligado. Se uma condição de falha
é detectado por um circuito fechado 962, todos os três LEDs vão ficar
desligados.
Os botões indicados abaixo devem ser pressionados e mantidos
enquanto os LEDs são observados:
Versão do Sistema Eletrônico
Tecla
LED
961 com relês de 5 Ampères
LEVEL TEST
FAULT
961 com relês de 5 Ampères
LEVEL TEST
FAULT
961 com mudança de corrente
961 com mudança de corrente
LOOP TEST
LOOP TEST
FAULT
16 mA
Se o LED de diagnóstico acima pisca uma vez quando a tecla é pressionada, o problema mais comum é a fiação de interconexão entre o sistema
eletrônico e o sensor. Verifique toda a fiação dentro do invólucro para ter
certeza que os fios estão fixos nas respectivas borneiras. Certifique-se de
que todos os parafusos da borneira estejam bem apertados. Se todos os
fios estiverem bem conectados, contate a fábrica. Pode ser necessário substituir o sensor. Veja a seção de Número do Modelo nas páginas 23 e 24
para o número correto da peça de reposição.
O LED piscando duas vezes indica um problema com o módulo do sistema eletrônico. Contate a fábrica para a substituição do módulo do sistema eletrônico. Veja a seção 3.8 para os números de peça de reposição
para as placas do sistema eletrônico.
28
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Se o LED de diagnóstico pisca três vezes, o problema é o
ruído ambiental. Fontes comuns de ruído ambiental são:
ruído elétrico de um VFD (guia de freqüência variável),
interferência elétrica irradiada por um rádio ou walkie-talkie,
ou vibração mecânica proveniente de alguma fonte próxima.
Esse ruído poderia afetar o 961/962 e outra instrumentação
elétrica. Verifique se alguma das fontes listadas acima pode
estar causando a interferência e corrija o problema para assegurar o funcionamento adequado do instrumento.
Também é possível que problemas relacionados à aplicação possam estar afetando o funcionamento adequado
do instrumento 961/962. A tabela abaixo auxilia na
solução de problemas.
PROBLEMA
Não há sinal com a alteração do nível.
Não há alteração na saída com o gap
molhado ou com o gap seco.
A chave está trepidando.
AÇÃO
Verifique a fiação para ter certeza que a tensão de alimentação está correta.
Verifique se o líquido está atingindo o gap. Se instalado em um tubo de subida ou
suporte para tudo, verifique se uma abertura é provida de forma que o líquido possa
entrar no tubo e preencher o gap do sensor.
Verifique se há espuma densa sobre a superfície ou produto seco no gap.
O instrumento pode não funcionar corretamente nessas condições.
Verifique se o gap do sensor está obstruído por sólidos.
Verifique se há espuma densa no gap.
Verifique se a tensão de alimentação está correta.
Verifique se há turbulência. Mude a posição da chave ou isole-a da turbulência.
Verifique se há excesso de aeração.
Se instalado horizontalmente, se certifique de que o gap do transdutor do 961 está
orientado na posição vertical, como descrito na seção 2.3. Isto permite uma
drenagem apropriada do gap, e previne que bolhas de ar se formem no gap.
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
29
3.8
Replacement Parts
Modelo 961/962 Partes Comuns
Item
Descrição
Número da Peça
',7:, /0 6>7M849 >8/4/9 <07 ,806,
',7:, /0 6>7M849 >8/4/9 .97 ,806,
',7:,
&& >8/4/9 <07 ,806,
',7:, 07 F9 89A :,;, ,:64.,F90< 3424N84.,< <07 ,806,
',7:, 07 F9 89A :,;, ,:64.,F90< 3424N84.,< .97 ,806,
# %482 .97 8?L6>.;9 /0 6>7M849 >8/4/9 9> F9 89A
# %482 .97 8?L6>.;9
424N84.9 07 F9 89A
4= /0 !L/>69 60=;K84.9 0 0B06
)05, =,-06, ,-,4A9
',7:, /9 8?L6>.;9 /9 &08<9; %079=9 /0 6>7M849 >8/4/9
',7:, /9 8?L6>.;9 /9 &08<9; %079=9 07 F9 89A >8/4/9
&08<9;
)05, "I70;9 /9 !9/069
Módulos Eletrônicos do Modelo 961 com Invólucro de Alumínio Fundido ou Aço Inox 316
Item
Descrição
Número da Peça
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483,
,
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483,
)
,
)
!L/>69 /0 ,64708=,FP9 /0 .9;;08=0 /0
++ +
,
)
8<=;>708=9< !
& .
!L/>69 /0 ,64708=,FP9 /0 .9;;08=0 /0
++ +
,
)
8<=;>708=9< ' + .
+ + + 9>
+ + + 9>
Módulos Eletrônicos do Modelo 961 com Invólucro Sanitário de Aço Inox
Item
Descrição
Número da Peça
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483, /0
,
)
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483, /0
,
)
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483, /0
,
)
Módulos Eletrônicos do Modelo 962 com Alumínio Fundido ou Invólucro de Aço Inox 316
Item
Descrição
Número da Peça
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483, /0
,
)
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483, /0
,
)
!L/>69 /0 64708=,FP9 07 483, /0
,
)
Módulos Eletrônicos do Modelo 962 com Invólucro Sanitário de Aço Inox
Item
Description
=9
30
)
Part Number
480 :[email protected];0/ !9/>60
=9
)
480 :[email protected];0/ !9/>60
=9
)
99: :[email protected];0/ !9/>60
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
3.8
Peças de Reposição
1
2
4
3
5
Modelo 961/962
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
Modelo 961/962
Sensor Remoto
31
3.9
Número do Modelo
3.9.1 Sistema Eletrônico do 961/962
NÚMERO DO MODELO BÁSICO
961
962
Sistema eletrônico para um único ponto
Sistema eletrônico para dois pontos
ALIMENTAÇÃO
2
5
7
Alimentação em linha, 18 a 32 VDC
Alimentação em circuito fechado, 11 a 35 VDC
Alimentação em linha, 102 a 265 VAC
SINAL DE SAÍDA
0
D
Mudança da corrente de mA (disponível com Alimentação código 5)
Relês com contatos em ouro de 5 Ampères (disponível com Alimentação código 2 ou 7)
TAMPA DO INVÓLUCRO
',7:, /9 8?L6>.;9 $,/;P9
',7:, .97 ,806, /0 )4/;9
60=;K84.9<
9>
4<:98M?06 .97
L/429< /0 8?L6>.;9<
MONTAGEM
0
1
Integral
Remota (requer Cabo de Conexão da página 35)
AGENCY APPROVAL
1
3
7
A
C
FM/CSA Intrinsecamente segura, Não incendiável
e A prova de Explosão 2 (disponível com Sinal de
Saída código 0)
FM/CSA À prova de Explosão e Não Incendiável
(use com relê de saída de Sinal D, e códigos de
Invólucro 0, 1, 2 & 3)
FM/CSA Não Incendiável (disponivel com Sinal de
Saída códigos 0 e D e códigos de Invólucros 4 e 5)
ATEX, Intrinsecamente segura
(disponível com sinal de saída de código 0)
INMETRO, Intrinsecamente seguro
ATEX, À prova de explosão (Disponível com Sinal de Saída Códigos 0 ou D)
INMETRO, a prova de explosão
INVÓLUCRO DO SISTEMA ELETRÔNICO
0
1
2
3
4
5
9
32
6
A
Alumínio fundido com dupla entrada para conexão elétrica ¾” NPT
Alumínio fundido com dupla entrada para conexão elétrica M20
Aço Inox Fundido com dupla entrada para conexão elétrica ¾” NPT
Aço Inox Fundido com dupla entrada para conexão elétrica M20
Aço Inox DD com dupla entrada para conexão elétrica ½” NPT
Aço Inox DD com dupla entrada para conexão elétrica M20
2
"P9 /4<:98M?06 .97 .L/429< /0 8?L6>.;9
:;9?,FJ0< C :;9?, /0 A:69<P9D 8P9
/4<:98M?04< .97 48?L6>.;9< /0 .L/429
0
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
0
3.9.2 Sensor de Um único Ponto do Modelo 961
UNIDADE DE COMPRIMENTO DO SENSOR
A
M
Inglês (comprimento em polegadas)
Métrico (comprimento em centímetros)
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
A
S
B
C
R
P
N
K
Aço Inox 316/316L
Aço Inox 316/316L com conexão sanitária 20 Ra (use somente com Conexão ao Processo Cód. 3T, 4T ou VV)
Hastelloy C-276
Monel
Kynar (use somente com Conexão ao Processo Cód. 11, 23, 33, 43, BA, CA, DA)
CPVC (use somente com Conexão ao Processo Cód. 11, 23, 33, 43, BA, CA, DA)
Aço Inox 316/316L, construção NACE
Aço Inox 316/316L, construção ASME B31.1 e B31.3
CONEXÕES AO PROCESSO
CONEXÕES ROSQUEADAS
00
11
12
21
22
Compression Fitting*
(oferecido pelo cliente)
¾" NPT
¾" BSP (G3/4)
1" NPT
1" BSP (G1)
CONEXÕES SANITÁRIAS
3T
4T
VV
Conexão de 1"/1 ½" Tri-Clamp® 16 AMP
Conexão de 2" Tri-Clamp® 16 AMP
DN65 – Varivent
FLANGES DE FACE COM RESSALTO ANSI FLANGES EN/DIN
23
24
25
33
34
35
43
44
45
53
54
55
63
64
65
1" 150 lb. ANSI RF flange
1" 300 lb. ANSI RF flange
1" 600 lb. ANSI RF flange
11⁄2" 150 lb. ANSI RF flange
11⁄2" 300 lb. ANSI RF flange
11⁄2" 600 lb. ANSI RF flange
2" 150 lb. ANSI RF flange
2" 300 lb. ANSI RF flange
2" 600 lb. ANSI RF flange
3" 300 lb. ANSI RF flange
3" 300 lb. ANSI RF flange
3" 300 lb. ANSI RF flange
4" 300 lb. ANSI RF flange
4" 300 lb. ANSI RF flange
4" 300 lb. ANSI RF flange
BA
BB
BC
CA
CB
CC
DA
DB
DD
DE
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
25
25
25
40
40
40
50
50
50
50
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
16 EN 1092-1 Tipo A
25/40 EN 1092-1 Tipo A
63/100 EN 1092-1 Tipo B2
16 EN 1092-1 Tipo A
25/40 EN 1092-1 Tipo A
63/100 EN 1092-1 Tipo B2
16 EN 1092-1 Tipo A
25/40 EN 1092-1 Tipo A
63 EN 1092-1 Tipo B2
100 EN 1092-1 Tipo B2
OPÇÕES DO SENSOR
A
C
Design Padrão
Design Criogênico para -80º C (-110º F) (Disponível com Materiais de Cód. A)
COMPRIMENTO DE ATUAÇÃO (unidade de comprimento especificada no 2º dígito)
1” a 130” (máx. 120” para Kynar e CPVC) em incrementos de 1” (Exp: 4 pol = 004)
1” no mínimo para conexões ao processo NPT
2” no mín. p/ conexões ao processo com flange, conexão sanitária ou BSP e todos sensores Kynar
5” no mínimo para conexões com compression fitting
Comprimentos ESP (Expedited Shipment Plan) em inglês disponíveis: 1”, 2”, 4”, 6”, 8”, 12”
3 cm a 330 cm (máx. de 305 para Kynar e CPVC) em incrementos de 1 cm (Exp: 6 cms = 006)
3 cm no mínimo para conexões ao processo NPT
5 cm no mín. p/ conexões ao processo c/ flange, conexão sanitária ou BSP e todos sensores Kynar
13 cm no mínimo para conexões com compression fitting
Comprimentos ESP (Expedited Shipment Plan) em métricas disponíveis: 3, 5, 10, 30 cm
9
1
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
33
3.9.3 Sensor de Dois Pontos do Modelo 962
UNIDADE DE COMPRIMENTO DO SENSOR
A
M
Inglês (comprimento em polegadas)
Métrico (comprimento em centímetros)
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
A
P
K
Aço Inox 316/316L
CPVC (use somente com Conexão ao Processo Cód. 11, 23, 33, 43, BA, CA, DA)
Aço Inox 316/316L, construção ASME B31.1 e B31.3
CONEXÕES AO PROCESSO
CONEXÕES ROSQUEADAS
11
21
22
⁄4" NPT
1" NPT
1" BSP (G1)
3
FLANGES DE FACE COM RESSALTO ANSI FLANGES EN/DIN
23
24
25
33
34
35
43
44
45
53
54
55
63
64
65
1" 150 lb. ANSI RF flange
1" 300 lb. ANSI RF flange
1" 600 lb. ANSI RF flange
11⁄2" 150 lb. ANSI RF flange
11⁄2" 300 lb. ANSI RF flange
11⁄2" 600 lb. ANSI RF flange
2" 150 lb. ANSI RF flange
2" 300 lb. ANSI RF flange
2" 600 lb. ANSI RF flange
3" 150 lb. ANSI RF flange
3" 300 lb. ANSI RF flange
3" 600 lb. ANSI RF flange
4" 150 lb. ANSI RF flange
4" 300 lb. ANSI RF flange
4" 600 lb. ANSI RF flange
BA
BB
BC
CA
CB
CC
DA
DB
DD
DE
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
DN
25
25
25
40
40
40
50
50
50
50
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
PN
16 EN 1092-1 Tipo A
25/40 EN 1092-1 Tipo A
63/100 EN 1092-1 Tipo B2
16 EN 1092-1 Tipo A
25/40 EN 1092-1 Tipo A
63/100 EN 1092-1 Tipo B2
16 EN 1092-1 Tipo A
25/40 EN 1092-1 Tipo A
63 EN 1092-1 Tipo B2
100 EN 1092-1 Tipo B2
Importante:
Use a dimensão “A” como o código
do comprimento de atuação. A
dimensão “B” também deve ser
especificada na cotação/pedido.
Exemplo:
Para um 962 com uma dimensão
“A” de 18” e uma dimensão “B” de
7”, informe o código de comprimento de atuação 018.
Atuação
Comprimento B
Atuação
Comprimento A
A distância mínima
entre os pontos de atuação
A e B é 3" (8 cm)
A distância máxima
entre os pontos de atuação
A e B é 127" (322 cm)
Comprimento de Atuação – Dimensão “A”
(unidade de comprimento especificada no segundo dígito)
5” a 130” (máx. de 120” para Kynar e CPVC) em incrementos de 1”
5” no mínimo para conexões ao processo NPT
6” no mínimo para conexões ao processo com flange, conexão sanitária ou BSP
Exemplo: 5 polegadas = 005
13 cm a 330 cm (máx de 305 cm para Kynar e CPVC) em incrementos de 1 cm
13 cm no mínimo para conexões ao processo NPT
15 cm no mínimo para conexões ao processo com flange e BSP
Exemplo: 13 centímetros = 013
9
34
2
A
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
3.9.4 Cabo de Conexão
MODELOS ELETRÔNICOS
6
7
Cabo Remoto para Modelo 961
Cabo Remoto para Modelo 962
COMPRIMENTO DO CABO (PÉS)
Comprimento do cabo desde o sistema eletrônico remoto até o sensor, em pés:
Comprimento máximo: 150 pés (45 metros)
Exemplo: 12 pés = 012
0
3
7
3
3
1
BZ51-646 Echotel® Chaves de Nível Ultra-sônicas Modelo 961 & 962
35
SERVIÇOS E QUALIDADE ASSEGURADA CUSTAM MENOS
Política de Serviços
Os proprietários dos controles MAGNETROL podem
solicitar reparos ou substituição do instrumento ou peças.
Estes serviços serão executados imediatamente após o
recebimento do material. As despesas de transporte serão
de responsabilidade do comprador ou proprietário. A
MAGNETROL procederá aos reparos e substituições
sem custo, exceto de transporte, se:
1. O retorno ocorrer dentro do período de garantia; e
2. A verificação da fábrica Magnetrol definir que a
causa do defeito está coberta pela garantia.
Se o problema for resultado de condições fora de nosso
controle, ou NÃO ESTIVER COBERTO PELA
GARANTIA, serão cobrados os custos de mão-de-obra
e peças utilizadas no reparo ou substituição.
Em alguns casos pode ser conveniente enviar as peças de
reposição ou, em casos extremos, um novo controle
completo para substituir o equipamento original antes de
ele ser devolvido. Se isso for desejado, informe à fábrica
o número do modelo e o número de série do controle a
ser substituído. Nesses casos, o crédito pelos materiais
devolvidos será determinado com base na aplicabilidade
de nossa garantia.
Não serão aceitas responsabilidades pela aplicação inadequada, mão-de-obra, encargos trabalhistas, conseqüências diretas ou indiretas oriundas da instalação e uso do
equipamento.
Procedimento para Devolução de Material
Para que possamos processar eficientemente qualquer
material que seja devolvido à fábrica, é essencial que a
devolução seja autorizada por escrito antes do envio e
que o material esteja acompanhado da respectiva nota fiscal de remessa. Isso pode ser feito através do representante local ou diretamente com o setor de assistência técnica da MAGNETROL. Deverão ser fornecidos os
seguintes dados:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
Nome da empresa
Descrição do material
Número de série
Motivo da devolução (relatório de defeito)
Aplicação
Nota fiscal de remessa para conserto
Todas as unidades usadas em processos industriais
devem estar corretamente limpas antes de serem devolvidas à fábrica.
Instruções de segurança quanto ao meio em que o material foi utilizado devem acompanhar o material.
Todas as despesas de transporte relativas ao retorno do
material à fábrica devem ser pagas pelo comprador ou
proprietário.
Todas as peças de reposição serão embarcadas na
condição F.O.B. da fábrica Magnetrol.
NOTA: Veja “Procedimentos para Evitar Descarga
Eletrostática”, na página 5.
705 Enterprise Street • Aurora, Illinois 60504-8149 • 630-969-4000 • Fax 630-969-9489 • [email protected] • www.magnetrol.com
Av. Dr. Mauro Lindemberg Monteiro, 185 • CEP 06278-010, Osasco, SP, Brasil • Fone +5511-3381-8100 • [email protected] • www.magnetrol.com.br
Copyright © 2014 Magnetrol International, Incorporated. Todos direitos reservados. Impresso nos EUA.
Kynar® é uma marca registrada de Elf Atochem North America, Inc.
Hastelloy® é uma marca registrada de HAYNES INTERNATIONAL, INC. (DELAWARE CORPORATION).
Monel® é uma marca registrada da INCO family of companies.
BOLETIM: BZ51-646.4
DATA: Dezembro 2015
SUBSTITUI: Dezembro 2014